Só no Brasil a nova ponte do Rio Guaíba não é o caminho mais curto entre o Ministério dos Transportes e a penitenciária Há uma semana, o governo da China inaugurou a ponte da baía de Jiaodhou, que liga o porto de Qingdao à ilha de Huangdao. Construído …

O deputado federal Edson Giroto, outro nome cotado para os Transportes, também recebeu R$ 100 mil da Serveng." CPI no Congresso. O senador Randolfe Rodrigues afirma que já tem 23 assinaturas para a abertura da CPI no Senado, e só precisa de mais quatro para viabilizá-la. "A CPI não deve se limitar à questão do ex-ministro.

No primeiro, a estatal estaria protelando o repasse de R$ 14,9 milhões à Caramuru Alimentos, já que representantes da Conab estariam negociam um "acerto" para aumentar o montante a ser pago para R$ 20 milhões. Desse total, R$ 5 milhões seriam repassados por fora a autoridades do ministério. Já o segundo caso envolve a venda, em janeiro deste ano, de um terreno da Conab numa região ...

Jul 20, 2011· WILLKOMMEN! مرحبا بكم Meus pensamentos e idéias "Não existe nada mais subversivo do que um subdesenvolvido erudito" Uma forma de higiêne mental onde busco sintonizar e melhorar a forma de pensar referente aos temas que julgo haver relevancia. ... Novo escândalo do governo Dilma chega ao Ministério dos Transportes. ...

Grande e que tamanho escandalo,nao se fala só do minstro,o que em está em causa é que anda muita beneficiada sem fazer nenhum e tanto pouco pertencer ao ministerio, como o seu irmao Emilio Pontes residente em Angola e também a mulher do ministro uma das beneficiadas com este montante.Tanto dinheiro que a China Taiwan tem dado a STP,com destinos duvidosos.Senhora{mana}já todos a …

Considerado um "fio desencapado", passou uma longa temporada no exterior, bem longe da imprensa e do Ministério Público. Segundo registro na agenda do ministro, o motivo da visita teria sido a "assinatura do contrato de adesão da ATEM Engenharia", da qual o ex-diretor é consultor. Não há detalhes sobre a agenda de Nascimento.

A consultoria jurídica do Ministério dos Transportes se fingiu de morta diante de uma suspeita de conflito de interesses. O subsecretário de Assuntos Administrativos, Moacyr Roberto de Lima, contratou em 20 de janeiro a empresa Confere Comércio e Serviços para prestar serviços à pasta.

Assim como o PR transformou o Ministério dos Transportes em centro de operações partidárias nem sempre republicanas, o Partido Progressista (PP) vem atuando de forma similar no Ministério das Cidades, um dos carros-chefe do PAC, dono do terceiro maior orçamento da Esplanada, com investimentos de R$ 7,6 bilhões previstos para este ano.

PROJETO NO SENADO ACABA MORDOMIA DO CARRO OFICIAL EM TODO O PAÍS. Apenas cinco dos 81 senadores dispensam carrão oficial com motorista e placa preta, e um deles, Antônio Reguffe (sem partido-DF), é o autor de um projeto no Senado que extingue a mordomia de uma vez, em todo o território nacional.

O turismo cresceu no Brasil e passou a ter grande visibilidade e recursos. Por muito tempo, entidades, maus políticos e outros aproveitadores se beneficiaram do pobre. Gastou-se tanto dinheiro para falar do pobre e sobre o problema dele que, caso o dinheiro tivesse sido emprestado ao pobre, financiado o pobre a pobreza teria desaparecido.

Meio milhão – Em meio a novas suspeitas de uso do Ministério dos Transportes para favorecer o Partido da República, o senador Magno Malta (PR-ES) aparece como um dos candidatos da legenda beneficiados por empreiteiras responsáveis por obras irregulares. Essas construtoras receberam R$ 78 milhões em créditos suplementares liberados pelo atual ministro, Paulo Sérgio Passos […]

Anunciados novos nomes do primeiro escalão do Ministério dos Transportes Não está descartada a exoneração de mais servidores suspeitos de ligação com esquema de obras ferroviárias e rodoviárias no setor de transportes ADAMO BAZANI – CBN O Ministério dos Transportes divulgou na noite desta segunda-feira, dia 04 de julho de 2011, os nomes de novos…

A Nissan Motor apresentou um relatório sobre o escândalo no controle de qualidade para o Ministério dos Transportes do Japão. O documento analisou a prática da empresa em manter trabalhadores não autorizados realizando inspeções finais de veículos, antes da liberação dos mesmos.

"A presidente Dilma Rousseff sempre foi conhecida como a Mãe do PAC. Como chefe da Casa Civil nada acontecia no governo Lula sem que ela soubesse. Ela também não sabia da corrupção no Ministério dos Transportes? Ou sabia, comunicou ao seu chefe Lula, e ele não tomou providência nenhuma?", indagou.

Segundo registro na agenda do ministro, o motivo da visita teria sido a "assinatura do contrato de adesão da ATEM Engenharia", da qual o ex-diretor é consultor. Não há detalhes sobre a agenda de Nascimento. No mesmo dia, o ministro recebeu também a visita dos deputados Aelton Freitas e Giovani Cherini, todos do PR.

Em entrevista ao jornal 'O Globo', ela garantiu que não vai parar enquanto não conseguir extirpar do ministério o mega-esquema de desvio de verbas descoberto no final de Junho. "A limpeza não tem essa coisa de limite. O limite é mudar o Ministério dos Transportes.

De 2006 até agora, a Delta recebeu do Dnit, por meio de gastos diretos do governo federal, cerca de R$ 1,95 bilhão. Só este ano, segundo levantamento feito no Portal da Transparência, a empresa já recebeu do governo federal R$ 381,5 milhões – destes, R$ 341,1 milhões saíram do …

Escândalo das licitações no transporte público em São Paulo, também conhecido como trensalão tucano ou simplesmente trensalão, [1] é um esquema de corrupção ocorrido no Estado de São Paulo que culminou na formação de um cartel entre corporações transnacionais para fraudar licitações do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos.

A crise no Ministério dos Transportes não pode prejudicar ainda mais o andamento de obras rodoviárias essenciais. A afirmação foi feita pelo deputado Eduardo Azeredo, em pronunciamento no Plenário da Câmara, nesta terça-feira, dia 2. Ele citou o exemplo do Anel Rodoviário de Belo Horizonte, cujas melhorias foram novamente adiadas.

Senador Magno Malta é envolvido em novo escândalo de empreiteiras no Ministério dos Transportes Meio milhão – Em meio a novas suspeitas de uso do Ministério dos Transportes para favorecer o Partido da República, o senador Magno Malta (PR-ES) aparece como um dos candidatos da legenda beneficiados por empreiteiras responsáveis por obras irregulares.

Em coletiva de imprensa, os ministros da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e da Defesa, general Fernando Azevedo, apresentaram detalhes da Operação Radar, uma estratégia integrada para garantir a trafegabilidade da BR-163/PA, principal rota de escoamento da safra de grãos no Brasil.

O diretor-geral do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Luiz Antonio Pagot, envolvido até o pescoço nas acusações, é teoricamente exonerado pela presidente Dilma, demonstra ostensivamente que não dá a mínima pelota para isso, se mantém no cargo usando o artifício de entrar em férias, diz que só sai se ...

Jul 23, 2011· Dilma só tomou providências, após e em razão, da denúncia da revista Veja, que escancarou u m esquemão montado no Ministério dos Transportes, p/a cobrança de propinas de 4% das empreiteiras e de 5% das empresas de consultoria que elaboram os projetos de obras em rodovias e ferrovias. A revista Veja afirmou que estão envolvidos no esquemão do Ministério: o Secretário-geral do …